Ocorreu um erro neste dispositivo
Ocorreu um erro neste dispositivo

Jubileu (amor em qualquer idade)

Olá amigos e amigas,

Fui confrontada este Verão com uma realidade que desconhecia e que me causou alguma apreensão pelo nosso futuro. A falta de recursos para albergar idosos e crianças.
É sobre os idosos que venho falar.

Como é do conhecimento geral, a nossa população está cada vez mais envelhecida, o que nos remete para a triste realidade de alguém ter que tratar e os acarinhar, conforme eles já fizeram pelos outros. As suas contribuições sociais, dão-lhes uma pensão que mal chega para os medicamentos inerentes à idade.

Muitos não têm familia, os que a têm, estão demasiado ocupados para tratarem de pessoas muitas vezes acamadas, com deficiência e/ou incapacitadas fisicamente para os afazeres do seu quotidiano, pois a idade já não permite.

Pedir ajuda a quem?
Lares particulares são caríssimos, a maior parte das familias, já de si em dificuldade, recorre à Segurança Social e a a Segurança Social não tem mais recursos, nem lares.

ENTÃO FAZER O QUÊ?
Já ouviram falar do projecto "familias de acolhimento"?
São familias que se candidatam à Segurança Social para acolherem em suas casas, mediante uma pequena retribuição, as pessoas "excedentes", i.e., que não têm lugar em instituições.

Estas familias de acolhimento ficam responsáveis pelos idosos que albergam, pela sua saúde, alimentação e bem-estar. Também, se for o caso, têm que os manter activos, e é aqui que entra este projecto ainda pequenino, mas que espero que cresça com a vossa ajuda.

Conheço algumas pessoas que se candidataram e que albergam pessoas idosas e outras com deficiência, e como ocupação, devido à cordenação motora e actividade cerebral, descobriram que fazer colares de contas, os mantinha felizes e mais calmos.

Mas o que fazer com tanto colar de contas? Criaram a "BIJOU DAS AVÓS".

Vamos vender ou ajudar?

Vamos vender e ajudar quem precisa a um preço irrisório. Não custa nada ser solidário e humanitário.

Peças únicas

Feitas à mão

Por pessoas que apesar de não terem voto na nossa sociedade precisam de se integrar nela.

LEMBREMO-NOS:
todos caminhamos para este destino e também nós precisaremos de ajuda.

Um grande beijo a quem pratica o bem.

2 comentários:

Alice Moreira disse...

Olá,

eu sou família de acolhimento de idosos e pessoas com deficiência e faço parte do ainda pequeno projecto Bijou das Avós, não é um projecto com fins lucrativos mas é apenas para conseguir-mos dinheiro para que as nossas idosas possam continuar a fazer os seus colares de missangas.
Esta foi uma ideia que surgiu para as podermos manter ocupadas e assim esquecerem a falta de apoio familiar a que infelizmente estão sujeitas, pois cada vez mais as famílias as largam nas nossas casas e simplesmente esquecem que elas existem.
Este é um projecto muito engraçado e toda a gente pode ajudar.
Já pensou que pode ser uma bonita prenda de anos ou até de Natal e por um preço irrisório??? E com este pequeno gesto está a contribuir para a alegria de uma idosa ou de uma pessoa com deficiência!

Ajudem a crescer este pequeno Projecto.

Anónimo disse...

É de louvar o q estas pessoas têem feito por aqueles que necessitam. O meu mais sincero obrigada a todos q contribuem para esta causa. Vamos ajudar estas AVOZINHAS, q ja mto deram aos seus familiares.

O que está na nossa história